quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Como plantar sementes de grama Bermuda, plantio e manutenção do gramado


GRAMA BERMUDA

              


Recomendações de Plantio e Manutenção

Implantação: 

1. Local:  Gramas Bermudas são próprias para clima temperado a tropical, e pleno Sol, não
suportando qualquer sombreamento, mesmo os feitos por muros, árvores e etc. Para estes
locais deve-se usar outro tipo de grama, como São Carlos ou Santo Agostinho. Podem ser
usados em áreas extensas, taludes ou em campos esportivos.

2. Calagem: toda e qualquer grama Bermuda necessita de solo com ph neutro, portanto, pelo
menos 30 dias antes do plantio, deveremos aplicar de 250 a 400g por metro quadrado de
calcário dolomítico, se possível com recomendação baseada em análise química do solo, e
incorporar com um enxadão ou com grade ou arado, caso de terrenos maiores.

3. Adubação de Base:  deve-se aplicar uma fonte de fósforo, como Superfosfato Simples,
Farinha de Ossos ou Termofosfato, na base de 80 a 100g/m2, de acordo com a fertilidade
natural do solo, ou análise química do solo.

4. Preparo do Solo: o solo deve estar bem destorroado e rastelado para retirar todos os restos
vegetais, pedras e impurezas do terreno

5. Semeadura: deve ser feita a lanço, na base de:
Usos  Quantidade de Sementes
Parques e Praças  500 g/100m2
Jardins Residenciais  700 a 1.000g/100m2
Áreas Industriais  500 a 800g/100m2
Campos Esportivos  0,5 a 1 kg/100m2

6. Incorporação das Sementes: as sementes devem ser incorporadas na profundidade máxima
de 0,5cm. Para tanto o ideal é que se faça uma cobertura de areia fina ou média lavada,
aplicada com peneira ou outro modo de aplicação uniforme, sendo excelente que se passe um
rolo após a semeadura e cobertura para que haja germinação uniforme.


7.  Irrigação: deve-se manter o solo úmido, não encharcado, portanto é bom fazer regas
pequenas pelo menos duas vezes ao dia, o suficiente para manter o solo úmido, principalmente
durante o período de germinação e de crescimento inicial. Após, pode ser feito a cada dois a
três dias até a cobertura total do solo.

8. Primeiro Corte:  Para que a grama feche de modo uniforme e que não emite “estolões
aéreos” deve-se fazer o primeiro corte aos 20 dias de germinado, com uma máquina de lâmina
muito bem afiada a uma altura máxima de 2,5cm

9. Adubação de Cobertura: importante para dar aquela cor verde escura no gramado, e melhor
cobertura. Pode usar Sulfato de Amônia ou Nitrato do Chile, na base de 20g/m2 ou Torta de
Mamona, 30g/m2 aos 30 dias de germinadas as sementes.

Manutenção 


1. Ciclo de Corte ou Poda: os gramados de Grama Bermuda são muito bonitos e compõe de

modo diferenciado, qualquer projeto ornamental ou paisagístico. Sua coloração verde escura e
sua textura fina devem ser conseguidas com o ciclo de corte a manter a altura entre 2 a 4cm.
Mais do que isto, ela tende a soltar estolões aéreos que tornam sua aparência mais grosseira.
Não deve economizar corte do gramado. Vale lembrar que grama é o revestimento mais nobre
de solo que existe.

2. Controle de Pragas: pode ser que o gramado seja atacado por lagartas, e seu controle deve
ser feito com inseticidas recomendados por Engenheiros Agrônomos. Saúvas também tendem a
atacá-la, e o uso de formicidas, tanto iscas ou outros meios é recomendado.

3. Controle de Invasoras: deve-se manter o gramado sempre livre de ervas  - daninhas que
atrapalham seu desenvolvimento e sua aparência. A catação manual delas deve ser uma
constante.

4. Adubações de Manutenção: as gramas bermudas respondem muito bem a adubações
nitrogenadas, portanto deve-se aplicar, na base de 25 a 50g/m2 de Sulfato de Amônia ou
formulado 20-00-20, dividido em três aplicações durante o período de Outubro a Fevereiro de
cada ano.

Nenhum comentário :

Postar um comentário